Servindo a Palavra: Mt 14, 1-12

SÁBADO, 1 DE AGOSTO

Mateus 14, 1-12:
“Dá-me agora mesmo, num prato, a cabeça de João Batista… O rei ficou consternado, mas, por causa do juramento e dos convidados, ordenou que lha dessem e mandou decapitar João, no cárcere”.

João morre, por não abafar a verdade e por denunciar as atitudes que não respeitavam o que agradava a Deus e humanizavam a pessoa.
Mas quando a mentira se sente ameaçada, procura eliminar a verdade.
Em todos os tempos, houve e continua a existir mártires, como João Batista. No nosso tempo, conhecemos igualmente situações e pessoas, que proclamam a verdade.
E a mentira, sob a capa de diversas denominações e formas, procura silenciar as suas vozes, inclusivamente através da morte.
O Evangelho de hoje é um apelo à valentia e a darmos a cara pela verdade.
Vão surgir certamente, hoje, diversas ocasiões para poderes revelar a tua ousadia e coragem de dar testemunho da verdade.
Sê valente e não tenhas receio.
Bons dias.

Antonio María Sanjuán Marín, cmf

Start typing and press Enter to search