O Papa Francisco nomeia Fernando Prado Ayuso CMF como novo bispo de San Sebastián

A Santa Sé tornou público no Bolletino das 12.00 de hoje, segunda-feira, 31 de Outubro de 2022, que o Papa Francisco nomeou o religioso claretiano Fernando Prado Ayuso, CMF, bispo de San Sebastián. Isto também foi comunicado pela Nunciatura Apostólica à Conferência Episcopal Espanhola, que o publicou na sua página web.

No próximo dia 17 de Dezembro, se Deus quiser, será a sua ordenação episcopal na catedral do Bom Pastor da diocese, iniciando assim o seu ministério como prelado na cúpula de San Sebastian. A partir daqui, nós missionários claretianos queremos colocar a nova comissão do nosso irmão Fernando nas mãos da Mãe e do seu Imaculado Coração, forja de missionários, de Santo António Maria Claret, fundador e bispo missionário, e dos nossos numerosos mártires claretianos, profetas da alegria e do perdão.

 

Missionário claretiano e sacerdote

Fernando Prado Ayuso (Bilbao, 1969) nasceu no seio de uma família cristã, sendo o meio de três irmãos. A sua formação pré-universitária foi acompanhada pelos Padres Agostinianos na Escola Andrés de Urdaneta (Loiu-Bizkaia). Durante a sua adolescência e juventude, conheceu a Congregação dos Missionários Claretianos na paróquia da sua aldeia, Las Arenas (Getxo). Com eles descobriu a sua vocação e amadureceu a fé que os seus pais, Ramiro (+) e Gloria, tinham semeado na família. Antes de iniciar o seu noviciado, aos 22 anos de idade, obteve a licenciatura em Ciências da Informação (Jornalismo) na Universidade do País Basco. Fez a sua primeira profissão em Vitória, a 27 de Agosto de 1994.

Os anos de formação teológica, claretiana e sacerdotal foram passados no Teologado Claretiano de Bilbao, onde obteve a Licenciatura em Estudos Eclesiásticos (bacharelato) na Universidade de Deusto, governada pela Companhia de Jesus. Durante esses anos combinou a sua formação com o estudo da língua basca, bem como uma estreita colaboração no ministério da juventude dos centros claretianos, e com um trabalho centrado no desenvolvimento humano e na promoção à margem da marginalização.

Quando terminou os seus estudos teológicos sacerdotais e fez a sua profissão perpétua a 27 de Setembro de 1998, foi destinado a Donostia-San Sebastián, onde se juntou à equipa educativo-paroquial de Mariaren Bihotza Ikastola-Parrokia. Aí ensinou Ensino Primário e Secundário, além de ser coadjutor na paróquia. Foi ordenado a 7 de Maio de 2000 pelo bispo Juan María Uriarte, chefe da diocese, que lhe confiou a coordenação da pastoral juvenil na unidade pastoral do bairro do Gros. Após alguns anos de intenso ensino e trabalho pastoral, principalmente relacionado com crianças e jovens, o então Superior Geral da Congregação, P. Aquilino Bocos Merino, hoje membro do Colégio dos Cardeais, enviou-o a Madrid para se juntar à comunidade geral de Buen Suceso, dedicada principalmente ao serviço da vida consagrada. Tendo aderido a esta comunidade, em 2003 concluiu um Mestrado em Edição (Universidade de Salamanca em colaboração com o Grupo Santillana), e depois recebeu a tarefa de dirigir a editora Publicaciones Claretianas, tarefa que tem vindo a desempenhar desde então e que actualmente combina com o ensino, sendo professor ordinário de “Teologia da missão” no biénio teológico do Instituto Teológico de Vida Religiosa de Madrid, desde 2012. Também ensina as disciplinas “Media” e “Teologia da Missão” na sala de aula do Noviciado e noutros programas de formação na Escola Regina Apostolorum (ITVR-ERA). Em 2012 defendeu a sua Tese de Licenciatura em Teologia da Vida Religiosa sob o título “O Ministério Ordenado dos Religiosos na Igreja”, obtendo o diploma correspondente (ITVR-Univ. Pontificia de Salamanca).

Por outro lado, há anos que dedica o seu tempo de Verão a um intenso ministério pastoral em paróquias maioritariamente hispânicas nos Estados Unidos (Los Angeles, CA e Chicago, IL). Durante o resto do ano, colabora como padre voluntário na Igreja de San Antón em Madrid (Mensajeros de la Paz) e é capelão da comunidade das Religiosas Misioneras Concepcionistas de la Enseñanza, (Princesa).

Como jornalista, é um colaborador regular de vários media, incluindo o programa La Linterna de la Iglesia, na Cadena COPE e na Trece TV. Como autor, publicou muitos artigos especializados e vários livros, o mais notável dos quais é a entrevista de livro com o Papa Francisco, La fuerza de la vocación, traduzida em dezassete línguas por vinte e duas editoras internacionais. A sua última entrevista de livro com Card. Rodríguez Maradiaga foi publicado sob o título “Praedicatem Evangelium”, uma nova cúria para um novo tempo.

 

Informação por Ignacio Virgillito | Gabinete de Comunicação – Província de Santiago

 

0

Start typing and press Enter to search