Comentário do Domingo: 15 de Janeiro

João 1, 29-34:

Domingo, 15 Janeiro 2023 (2º T O A)

 

No evangelho deste domingo escutamos o testemunho que João Batista dá de Jesus: “Eu não o conhecia, mas quem me enviou a batizar com água é que me disse: Aquele sobre quem vires o Espírito Santo descer e permanecer é que batiza no Espírito Santo. Ora, eu vi e dou testemunho de que Ele é o Filho de Deus”.

Testemunha é aquele que partilha a fé, que certifica com as suas palavras e com as suas ações um acontecimento que viveu.

Hoje, João Batista diz-nos que ele é testemunha de que Jesus é o Cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo, e que viu o Espírito de Deus sobre ele.

O nosso tempo, o nosso mundo precisa de autênticas testemunhas, cristãos convictos que dêem testemunho de Jesus. Se o conhecemos, se ele tem importância na nossa vida, não podemos ficar calados. Há muitos que não o conhecem, que ainda não o encontraram, e esperam que alguém lhes abra os olhos.

Quem experimentou Jesus de alguma forma (e são tantas as vezes que passa ao nosso lado!), não pode ficar calado. Deve ser como João Batista, testemunha do amor de Deus. Deve partilhar com os outros a alegria da boa nova: este é o Cordeiro de Deus, que me faz feliz quando vivo com autenticidade.

 

Juan Ramón Gómez Pascual, cmf

Como és testemunha de Jesus?

 

0

Start typing and press Enter to search