A alegria da Páscoa e do mês de Nossa Senhora na Paróquia de Areosa em Portugal

O mês de Maio trouxe muita alegria e actividade na Paróquia de Areosa (Porto, Portugal), o que fez com que os filhos da catequese vivessem uma série de experiências que os ajudaram a viver a ressurreição do Senhor e a Páscoa, a aproximarem-se da Virgem e a darem passos na sua fé.

Aqui estão algumas das actividades que realizaram durante estas semanas:

Terço (6 de Maio). Os jovens da catequese dos jovens (dos 11 aos 16 anos) foram convidados a dirigir a oração do Rosário.

Passeio de catequese (7 de Maio). Este é um momento de relaxamento e de convívio para as crianças, os catequistas e o secretariado da catequese. Este ano a actividade consistiu numa visita ao “Lugar dos afectos”, um parque temático onde as emoções e os afectos são o tema central, explicado através de elementos simbólicos do complexo de edifícios, jardins, etc., como explicou a fundadora Graça Gonçalves. A actividade continuou com um piquenique num parque arborizado, onde as crianças puderam brincar, interagir e conhecer-se melhor, num ambiente de amizade e alegria. Participaram noventa e três crianças e 23 adultos.

Festa da Palavra (8 de Maio), 4º ano de catequese. No início do ano as crianças receberam uma Bíblia e durante o ano aprendem a consultar e interpretar várias passagens, tentando construir uma relação mais estreita com Jesus, e ao mesmo tempo receber Deus com a sua própria Palavra. As famílias são convidadas a participar com os seus filhos neste processo de aprendizagem e esta celebração é o compromisso das crianças em continuar a tarefa de conhecer a “Palavra”, que não termina na catequese.

Procissão e recitação do Rosário (13 de Maio). Coincidindo com a celebração do Dia de Nossa Senhora de Fátima, a Catequese propôs a organização de uma procissão de velas, que foi aceite pelo Gabinete Paroquial, o “Comité Permanente”. Foi uma forma de mostrar à comunidade à volta da igreja que, apesar das restrições da pandemia, as crianças e as suas famílias estão gratas a “Nossa Senhora” e continuam a acreditar que vale a pena continuar a conhecer Jesus. As crianças e os seus pais foram também convidados a participar activamente na oração do terço, utilizando linguagem e simbolismo apropriados à idade.

 

0

Start typing and press Enter to search