Servindo a Palavra: 21 de Novembro

SÁBADO, 21 DE NOVEMBRO

Lucas 20, 27-40:
“Não é um Deus de mortos, mas de vivos; porque para Ele todos estão vivos”.

Que alegria sentimos, quando escutamos estas palavras dos lábios de Jesus!
Vemos indiferença, por toda a parte. Estamos imersos num mundo de violência. Bombardeiam-nos com notícias de mortes, tragédias, guerras, genocídios, matanças de inocentes… pandemia…
Parece que tudo nos fala de morte.
Jesus sempre nos imbui de confiança. N’Ele depositamos a certeza da nossa futura ressurreição. Com Ele, a vida triunfou. Contra Ele, a morte não possui qualquer poder.
Jesus, o nosso Deus, não é um Deus de mortos, mas um Deus de vivos.
A vida está assegurada. Ele mesmo afirmou que é a ressurreição e a vida, e reiterou também que quem n’Ele crê não morrerá jamais.
Como cristãos e seguidores de Jesus, nunca podemos prestar culto à morte, mas devemos celebrar sempre a vida.
Nunca entres na roda da morte. Nem enveredes por aquilo que conduz à morte.
O nosso Deus não é um Deus de mortos, mas de vivos.
Vive a alegria da vida, que Jesus nos proporciona!
Bons dias.
Antonio María Sanjuán Marín, cmf

0

Start typing and press Enter to search