Primeiro Dia Internacional da Fraternidade Humana

Falar de fraternidade implica a união de pessoas baseada nos valores da tolerância, respeito, dignidade, solidariedade e igualdade de direitos de todos os seres humanos. Como um valor, implica solidariedade, respeito e empatia com outras pessoas.

Hoje, 4 de Fevereiro de 2021, assinala o Primeiro Dia Internacional da Fraternidade Humana, que é um apelo à redução e erradicação de situações de violência, xenofobia, fanatismo político e religioso e discriminação de raças, género e ideologias.

Esta celebração está ligada à assinatura histórica do Documento sobre a Fraternidade Humana para a Paz e a Coexistência Mundial. Os signatários deste documento, o Papa Francisco e o Grande Imã de Al-Azhar, passaram mais de um ano a redigi-lo antes de o assinarem em Abu Dhabi a 4 de Fevereiro de 2019. O Comité Superior para a implementação do conteúdo do Documento sobre a Fraternidade Humana foi rápido em levar uma mensagem do Papa e do Grande Imã ao Secretário-Geral da ONU António Guterres. Através do Comité, estes dois líderes propuseram um dia anual dedicado à Fraternidade Humana. Foi no final de 2019. Um ano mais tarde, a 21 de Dezembro de 2020, a ONU declarou o dia 4 de Fevereiro como Dia Internacional da Fraternidade Humana, com início em 2021. Ao adoptar a iniciativa, a Assembleia Geral da ONU convidou os Estados membros, o sistema da ONU e outros a observarem o dia anual de uma forma que cada um considere apropriada para promover o diálogo inter-religioso e intercultural.

Hoje em dia, Guterres elogiou o Papa e o Grande Imã de Al-Azhar. “Vivemos em tempos difíceis. Vemos ameaças vindas de pandemia, do clima, ameaças de guerra e conflitos em diferentes partes do mundo. Portanto, é fantástico ver a tremenda liderança de Sua Santidade o Papa e Sua Eminência o Grande Imã de Al-Azhar, empurrando a humanidade para se juntar, em unidade, em diálogo, para promover a paz, para promover a fraternidade, e para promover a unidade necessária para enfrentar todos os desafios para derrotar o ódio e para assegurar que a solidariedade humana ganhe as batalhas que estamos a enfrentar”.

Se quiser saber mais, clique aqui.

 

(FOTO: ANSA / Papa Francisco recebe um presente do Grande Imã Ahmed Al-Tayeb durante uma visita ao Vaticano, 15 de Novembro de 2019)

 

0

Start typing and press Enter to search