Comentário do Domingo: XVII Tempo Comum

26 de Julho de 2020. XVII Domingo do Tempo Comum Mt 13,44-52

Através de parábolas, Jesus continua a falar-nos do Reino de Deus. Hoje, propõe-nos a parábola do tesouro escondido no campo e a da pérola preciosa. Aquele que encontra o tesouro ou a pérola e descobre o seu verdadeiro valor, vende tudo para os adquirir.
Em ambas as parábolas, o importante é tomar consciência, descobrir o valor do que encontramos. Ser espertos e perspicazes para saber o que temos entre mãos. O campo e a pérola manifestam os valores do espírito, mais valiosos que todos os outros, embora às vezes pareçam menos percetíveis ou menos satisfatórios, a curto prazo. Mas, se queremos adquiri-los, temos de arriscar, de investir (‘Vende tudo o que tens e compra-o’). Neste investimento, é Jesus quem nos avalia. Por isso, é indispensável confiar n’Ele e deixar-nos seduzir por esses valores certos. Quem estiver apaixonado, estará disposto a deixar tudo por esse amor e será capaz de renunciar a muitas outras coisas. Quem for capaz de descobrir a verdadeira sabedoria, o que encontrar os valores que Jesus propõe, esse está disposto a viver a felicidade de amar e de se sentir amado.

Juan Ramón Gómez Pascual, cmf

0

Start typing and press Enter to search