Servindo a Palavra: 26 de Julho

TERÇA-FEIRA 26 DE JULHO DE 2022

Mateus 13, 36-43:

“Como o joio é apanhado e queimado no fogo, assim será no fim do mundo… Então, os justos brilharão

como o sol no reino do seu Pai”.

 

Deus não arranca o joio intempestivamente. Deixa-o crescer juntamente com o trigo.

Deus tem paciência e sabe esperar. O momento da ceifa é que vai determinar o que se há-de fazer.

A paciência tem muito a ver com a tolerância.

Nós acreditamos que somos o trigo bom e que tudo aquilo que não se encaixa na nossa linha é preciso ser

arrancado.

Mas o sentir de Jesus é outro. A sua misericórdia, a sua paciência e a sua compreensão são muito distintas

da nossa misericórdia, paciência e compreensão.

Deixa o último juízo para Deus, que é quem tem sempre a última palavra.

E a sua última palavra chama-se Jesus.

Jesus é a misericórdia do Pai.

Jesus é sempre a oportunidade e a salvação.

Examina hoje o teu grau de paciência.

Nunca condenes ninguém com base no teu próprio ponto de vista.

Não julgues pelas aparências.

Aprende de Jesus a paciência, a tolerância, o perdão e a misericórdia.

Bom dia.

Antonio Sanjuán cmf

 

0

Start typing and press Enter to search