Servindo a Palavra: 1 de Setembro

TERÇA-FEIRA, 1 DE SETEMBRO

Lucas 4, 31-37:
“Todos se maravilhavam com a sua doutrina, porque falava com autoridade”.

Quantas palavras és capaz de proferir, num dia normal?
E, destas, quantas estão cheias de sentido e quantas foram vazias de conteúdo, rotineiras e insípidas?
Até os “bons dias” ou as “boas noites”, que dás, podem ser vocábulos carregados de ternura ou palavras que lanças ao vento.
As palavras de Jesus estavam cheias de autoridade. Eram a expressão viva dos seus sentimentos, do seu coração e do mais profundo do seu ser.
Jesus era o autor das suas palavras e, por isso, elas estavam repletas de autoridade.
Esforça-te hoje por fazer um exercício bonito de ‘falar com autoridade’. Que as tuas palavras manifestem verdadeiramente quem tu és.
E que sejam sempre a expressão do melhor de ti mesmo.
Dispõe de um bom e feliz dia!

Antonio María Sanjuán Marín, cmf

0

Start typing and press Enter to search