Servindo a Palavra: 14 de Novembro

SEGUNDA-FEIRA 14 DE NOVEMBRO DE 2022

Lucas 18, 35-43:

“Quando Jesus Se aproximava de Jericó, estava um cego a pedir esmola, sentado à beira do caminho…

Então ele começou a gritar: «Jesus, filho de David, tem piedade de mim»… Quando ele se aproximou,

perguntou-lhe: «Que queres que Eu te faça?». Ele respondeu-Lhe: «Senhor, que eu veja». Disse-lhe Jesus:

«Vê. A tua fé te salvou». No mesmo instante ele recuperou a vista e seguiu Jesus, glorificando a Deus”.

 

Quantas vezes pode ser cada um de nós aquele pobre cego à beira do caminho a pedir esmola! O cego do

Evangelho grita forte a Jesus apesar de o que quererem impedir.

Enquanto nos seus olhos reinava a escuridão, no seu coração brilhava a luz da fé. E esta luz acaba por

afogar a escuridão e também ilumina os olhos.

No meio da escuridão, da necessidade e da impotência, grita também tu fortemente a Jesus.

Ele é a luz que brilha nas trevas e que ilumina todos os homens que vêm a este mundo.

As trevas nunca poderão superar a sua luz.

E não grites apenas para iluminar os teus próprios olhos e o teu próprio coração.

Grita também com força para que possas iluminar tantas situações obscuras em que tantas pessoas do nosso mundo vivem.

Tu, que recebeste a luz de Cristo, sede também uma luz para o mundo.

Bom dia.

Antonio Sanjuan Cmf

 

0

Start typing and press Enter to search