Servindo a Palavra: 12 de Novembro

SÁBADO 12 DE NOVEMBRO DE 2022

Lucas 18, 1-8:

“E Deus não havia de fazer justiça aos seus eleitos, que por Ele clamam dia e noite, e iria fazê-los esperar muito tempo? Eu vos digo que lhes fará justiça bem depressa”.

 

Na história da Igreja temos muitos exemplos de pessoas que clamaram ao Senhor dia e noite.

Santa Mónica foi uma dessas pessoas que dia e noite clamou ao Senhor, pedindo-Lhe a conversão do seu filho Agostinho.

E Deus não deixou que o problema se arrastasse muito. Hoje o seu filho é um grande santo venerado por toda a Igreja.

Hoje pode ser um bom dia para rever a nossa oração. E, em particular, para rever a nossa oração de intercessão e a nossa constância na mesma.

O Senhor ouve-nos sempre. Mas nem sempre satisfaz os nossos pedidos na altura e da forma como queremos que sejam satisfeitos. Quando isto acontece, ficamos desanimados, ficamos impacientes, acreditamos que Deus não nos atende e podemos até deixar de rezar. Aprende a lição que Jesus nos dá nesta página do Evangelho.

Ele pede-nos fé e constância na oração.

Ele assegura-nos que Deus ouvirá os seus escolhidos que clamam por ele dia e noite.

Não te canses de orar sem desanimar e fica com a certeza de que o Senhor ouve sempre as nossas súplicas.

Bom dia.

Antonio Sanjuán, cmf

 

0

Start typing and press Enter to search